Tecnologia e Crianças: Criando crianças saudáveis em um ambiente conectado

Crianças + Tecnologia: Criando crianças saudáveis em um ambiente conectado

Sem surpresa, as crianças estavam entre os primeiros a ficar em quarentena. As actividades escolares tiveram que ser adaptadas ao formato online, para todos os níveis. Por um lado, há a questão de eles ficarem em casa o dia todo, por isso é importante saber quais actividades lhes dar, a fim de aproveitar ao máximo esse tempo e aproveitar com a família.

Embora os smartphones também sejam um grande aliado dos pais, uma vez que eles podem realizar outras actividades (enquanto as crianças brincam ou assistem a vídeos), ele também tem seu lado prejudicial.

Como criar filhos de maneira saudável em um ambiente conectado? Há um fato indiscutível: a tecnologia hoje causa dependência. Se as crianças olham para o telemóvel o tempo todo e se não o deixam, ficam mal-humoradas, fazem birras ou até ficam agressivas, é hora de prestar atenção.

Criar os filhos de uma maneira saudável não é apenas resolvido distanciando-os da tecnologia (embora isso não seja recomendado e, se for o caso, deve estar sob o controle dos pais). Hoje a tecnologia, além de ser um elemento de entretenimento, é um elemento da educação e, principalmente, do contacto com os pais. Portanto, será extremamente importante levar em consideração os seguintes pontos:

Pontos a considerar em relação às crianças e tecnologia:

  • Controle os agendamentos de vídeos ou jogos e, em seguida, planeie quais actividades eles farão a seguir, considerando que eles foram distraídos, rindo, por isso sugerimos que as actividades também sejam divertidas (cozinhar juntos, dançar, karaoke etc.)

 

  • Limite o tempo de jogo, não aumente. A tendência é aumentar o tempo que eles passam jogando, porque eles pedem “um pouco mais” para terminar ou alcançar algum objectivo. No entanto, de acordo com a Infocop Magazine, jogos como Fortnite, jogos como Candy Crush ou similar, FIFA, etc. Eles têm microtransações, compartilham as mesmas características dos jogos de azar.

 

  • Não se esqueça de ensinar a eles o valor do trabalho para ganhar dinheiro. Como os jogos hoje usam pagamentos para comprar activos / itens de jogos, não é uma boa ideia acostumar as crianças a passar o cartão de crédito com facilidade. Ensine-os que, para vencer, eles precisarão fazer tarefas em casa ou outro tipo de actividade em que desenvolvam seu senso de responsabilidade.

 

  • Procure actividades educacionais online, jogos educativos, de preferência aqueles que ensinam ciência, tecnologia, programação. Eles passarão um tempo lá e, ao mesmo tempo, estarão aprendendo.

 

  • Cuide de quem seus filhos estão conversando online. Existem milhares de pessoas que se apresentam como amigos, por terem o mesmo ou por jogadores em jogos online. Tenha 100% de controle de todas as actividades de seus filhos quando eles estiverem no telemóvel. As aplicações de controlo parental o ajudarão nisso, como Espião Virtual, que possui uma versão gratuita. Clique no botão abaixo para testar.

Criar crianças saudáveis em um ambiente conectado não é fácil, mas é possível e depende de termos seres humanos melhores no futuro.

Deixe uma resposta